A semijoia nada mais é do que uma joia falsa que mudou de nome.                   Assim começamos nosso post, com uma afirmação forte, pois acreditamos na importância que as joias verdadeiras exercem na vida de uma mulher.                  E que usar joias ou semijoias, é simplesmente uma questão de informação – e de elegância.                                                                                                                                       Mas se você acredita que um fator determinante para a escolha entre uma joia e uma semijoia é o preço, convidamos você a refletir. Acompanhe:

Informação é tudo

O segmento das semijoias vem crescendo gradativamente.                                         Elas se apresentam como imitações de pedras verdadeiras: zircônias que imitam diamantes, vidros que imitam rubis, esmeraldas e topázios, resinas que imitam jade e ônix...

gemstone-665701

Elegância em primeiro lugar

É muito mais elegante usar uma joia simples do que uma semijoia que imita uma joia.                                                                                                                                                     Se fosse verdadeira, custaria dezenas ou centenas de milhares de reais. Existem muitas opções de joias verdadeiras – em prata esterlina com topázios, safiras e citrinos, por exemplo.  –Os valores não ultrapassam muito os valores de uma semijoias.                                                                                                    Além disso, o custo-benefício pode valer ainda mais a pena.                      Compensa gastar um pouquinho mais por uma joia simples, mas verdadeira. Ela confere outra aparência a quem usa.                                                                                    Às vezes, o simples costuma ser o melhor, entende?

Moda feia

A onda de semijoias vem contribuindo para vulgarizar os complementos usados pelas mulheres.                                                                                                                   As mais antenadas fogem desse padrão e usam joias verdadeiras por mais simples que sejam.                                                                                                                         Afinal, nada pior do que querer aparentar uma riqueza que não se tem. Empanturrar-se de zircônias e resinas acreditando que alguém possa supor que sejam verdadeiras é passar um atestado de mau gosto.                                       Sem contar que muitas mulheres abusam desse acessório que pode deixar o visual brega e vulgar.                                                                                                                           Além disso, você não é uma semimulher, certo? Ou é ou não é.

Reafirmamos: vale a pena investir em joias verdadeiras.                                             Mesmo as mais simples conferem elegância e sofisticação para quem as usa, principalmente se o visual escolhido for mais sério ou sedutor.

Não é à toa que as mulheres são chamadas de joias, por serem puras e verdadeiras, não é mesmo?                                                                                                     Então, você deve ter em seu corpo acessórios verdadeiros também! Justamente para complementar essa personalidade irreverente e bonita que você tem.